quinta-feira, 4 de março de 2010

Ponto Facultativo

Mais uma polêmica do governo Carlito

O governo Carlito Merss resolveu cortar o ponto facultativo dos servidores da Prefeitura Municipal de Joinville. Mais uma medida polêmica do prefeito Carlito Merss que acabou por criar dois tipos de servidores, pois manteve o ponto facultativo somente aos servidores da Educação, que já tem um calendário escolar previamente definido.
Como presidente eleito do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Joinville não posso me eximir e afirmo: a medida do prefeito é viciada de inconstitucionalidade porque trata desigualmente os iguais.
Independentemente do local ou setor em que se encontram os servidores, seja em Obras, na Saúde, na Cultura, na Assistência Social, no Administrativo ou na Educação, todos merecem e devem ter tratamento igualitário, pois todos prestam serviços públicos para o cidadão joinvilense.
Arremato dizendo ainda que se o serviço público municipal precisa melhorar não é o corte do ponto facultativo um bom início. Antes de mais nada é preciso remunerar melhor o servidor, oferecer melhores e atualizados equipamentos, dar condições de trabalho dignas para todos.
Para nós, da nova diretoria do sindicato que deve tomar posse em 20 de abril, todos estes pontos devem estar na pauta de reivindicações a ser apresentada ao prefeito municipal para a data-base de 1º maio. E desde já esperamos que o prefeito trate os servidores como iguais a começar pela revogação da medida que extinguiu os pontos facultativos.

Ulrich Beathalter

Carta publicada no jornal A Notícia de 4/3/2010

1 comentários:

Valnei,  4 de março de 2010 18:46  

Concordo com o professor Ulrich em relação ao ponto facultativo, e acrescento que o Governo Carlito esta caindo muito no conceito junto aos Servidores Municipais me parece um Prefeito distante do Servidor, nos meus 14 anos de Prefeitura nunca me senti tão desvalorizado, algo precisa mudar e por isso a importância dessa nova diretoria do SINSEJ que juntamente com os Servidores Municipais lutarem por nossos direitos.

Valnei R. Bérgamo

Postar um comentário

  © Original Blogger template Coozie modified to Neo Coozie by Oak Blogger XML Skins 2009

Back to TOP